Espiral – uma palavra masculina ou feminina?

image

Espiral é uma palavra cujo significado é muito conhecido.

Mas ao contrário do que muito se pensa, ESPIRAL é uma palavra FEMININA. Continuar lendo

Anúncios

Ab-rupto ou Abrupto?

 

Ab-rupto

O novo acordo ortográfico, que teve a exigência do seu uso postergada, trouxe mudanças nas escritas com o hífen (também conhecido como traço de união). Isso já sabemos… 🙂 Mas as dúvidas persistem porque com a nova regra de ortografia, algumas palavras ainda são escritas com o hífen. Dentre elas, estão as palavras seguidas pelos prefixos: Continuar lendo

Eu ABOLO ou eu ABULO?

dúvida

Gente,

Trago aqui mais uma das curiosidades da Língua Portuguesa.

Como fica mesmo a conjugação do verbo ABOLIR na 1a. pessoa do singular do presente do indicativo?

               Eu ABOLO?

                                                  Eu ABULO?

                                                                                Resposta:  Nem uma, nem outra!!! Continuar lendo

Como saber se uma palavra existe na Língua Portuguesa?

VOLP

Tem vezes que repetimos palavras que já ouvimos por aí, mas nem sempre estamos falando correto, pois algumas vezes essas palavras não existem na Língua Portuguesa.

Para sanar essa dúvida, sempre recorro ao VOLP, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. Utilizo a sua versão digital que encontra-se na aba do menu da página da Academia Brasileira de Letras. Vale a pena você conferir!! Continuar lendo

Abjeto – você conhece essa palavra?

abjeto

Gente,

Estava aqui pensando numa palavra que é pouca usada e lembrei de ABJETO. É isso mesmo, você não ouviu errado… Rsrs. Abjeto tampouco é sinônimo de objeto, é uma coisa totalmente distinta.

Abjeto é um adjetivo masculino e significa baixo, desprezível, vil, infame. Mas fique atento para o seu uso apenas na forma masculina, pois não há a versão feminina dessa palavra – é o que nos ensina o VOLP.

Continuar lendo

DePREdar ou depeDRAr?

Em meio às notícias de manifestação que ressoam no nosso país, ontem li no jornal a palavra dePREdar e pensei ter sido essa palavra escrita errado. Me perguntei: não seria depeDRAr? Não seria o ato de jogar pedra? Se é derivado de peDRA, o correto é depeDRAr e não dePREdar. Ledo engano!! 

A página http://duvidas.dicio.com.br/depredar-ou-depedrar/ ensina que o correto é dePREdar e que essa palavra, ao contrário do que eu imaginei, tem origem na palavra em latim depraedare e significa o ato de destruir, de devastar, assolar, arrasar,  furtar e saquear. Ou seja, é destruir alguma coisa com pedra ou sem pedra. 

Depois disso vim entender que eu havia feito a confusão por causa da palavra APEDREJAR. Essa sim, significa o ato de atirar pedra contra alguém ou alguma coisa. Significa também matar a pedradas ou ainda, no sentido figurado, ofender. Continuar lendo

A conjugação do verbo aderir

A conjugação desse verbo gera dúvidas… A primeira pessoa do modo presente do indicativo é pouco usada, pois traz um certo desconforto na fonética. No meio da conversa, o interlocutor ensaia falar, mas pensando que falará errado, já a substitui por uma outra palavra. A fim de que essa dúvida se desfaça, coloco aqui o verbo ADERIR conjugado no modo presente do indicativo.  Continuar lendo

Dó – substantivo feminino ou masculino?

português

Você já deve ter escutado: “Me deu uma dó dela…”.

Ao contrário do que muita gente pensa, a palavra é um substantivo masculino e por isso não deve ser antecedido por “uma”.

A frase acima corrigida ficará: “Me deu dó dela”.

Você sabia disso? Interessante, não é??

Fonte: http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=23