Falando de amor…

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Hoje eu quero falar sobre esse GRANDIOSO sentimento que há muito nos foi ensinado, porém nem sempre é bem compreendido.

Não me refiro ao amor entre um homem e uma mulher ou entre dois homens ou duas mulheres que se atraem sexualmente, mas ao amor a TUDO!!! Ao amor que deve estar presente em TODAS as nossas relações interpessoais; que deve estar presente na nossa maneira de ver o mundo; e que deve ser a base da aceitação do que não podemos mudar.

Amor esse que rege o nosso 4° chakra: o cardíaco, cujo equilíbrio é fundamental para o nosso bem-estar. Vamos entender…  As vibrações nesse chakra ativam a glândula timo que representa a ALEGRIA DA NOSSA ALMA. E quais devem ser essas vibrações? Todas que digam respeito ao AMOR INCONDICIONAL. Continuar lendo

Anúncios

É tempo de força para realizar os velhos projetos…

FELIZ ANO NOVO!!  CHINÊS.

O calendário da China é baseado pela lua e no dia 31 de janeiro eles entraram no ano 4712. A chegada de um novo ano não tem data certa como no Ocidente, de forma que a celebração do ano novo chinês tem datas variadas.

O horóscopo chinês é anual e refere-se às características de alguns animais. São doze: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cão e porco. Cada um deles representa os nascidos em um período de aproximadamente 12 meses, porém não tem datas fixas para o início e fim desses períodos como no horóscopo do zodíaco – que é determinado pelo ciclo solar. Depois do ano do porco, retorna-se ao ano do rato e assim sucessivamente. Continuar lendo

Para quem acha que a vida do outro é mais fácil do que a sua

Um dia desses conheci um vídeo lindo que me foi apresentado pela amiga Xaline (obrigada Xaxa por essa oportunidade!). Esse vídeo traz uma lição muito bonita e chama-se MEUS SAPATOS. Você o conhece?

Para quem ainda não o viu, sugiro que primeiro você aperte o play e depois leia abaixo.

É compreensível o comportamento desse garoto que, em função da sua mente pueril, se compara ao outro e deseja ter os bens que este tem. Já o segundo garoto valorizava algo que me parece ser mais importante: a liberdade de poder andar e correr.

Continuar lendo

Uma reflexão pessoal sobre a vida

Oi gente,

Ontem, dia 30 de dezembro, foi aniversário de 1 ano do blog!

Deu uma vontade de fazer uma postagem diferente… 🙂

No embalo da despedida de 2013 e na preparação para a recepção desse lindo e novo ano – 2014 -, fiz uma retrospectiva dos momentos e experiências que vivi nesse ano – boas, muito boas, mas também algumas desagradáveis. Vejo que todas elas me trouxeram ricos ensinamentos e fortaleceram crenças que estavam esquecidas. Continuar lendo

Qual é o tamanho do seu apetite pelo sucesso?

 

Hoje é segunda-feira. Dia temido por muitas pessoas. Tem gente que já fica triste no domingo de manhã…

Reaja a esse paradigma, mude os seus pensamentos e aproveite o dia de hoje para chegar mais próximo dos seus objetivos!

  • Comece aquela dieta ou pelo menos, se o termo dieta lhe assusta, faça um planejamento alimentar saudável;
  • Retome o seu treino esportivo; Continuar lendo

E que venha setembro com todo o seu perfume!!

Flores de cerejeira

Flores de cerejeira

Olá queridos,

Mais um mês chegou: SETEMBRO!! E com ele vem junta a sensação de que devemos nos preparar para um período agradável, perfumado, de tantas belezas… Já se aproxima o início da mudança da estação – a primavera chegará em breve -, mas para aceitarmos mudanças, precisamos antes fazer uma pequena reforma interior.

E é assim que devemos nos preparar para essa nova fase. Para que você possa enxergar a beleza e as cores das muitas flores que desabrocharão, você precisará limpar a sua lente de visão. Então é hora de você desconstruir alguns conceitos e construir novos, livres de quaisquer julgamentos. É hora também de abandonar negativos hábitos e substitui-los por outros positivos. É HORA DE COMEÇAR A SUA MUDANÇA INTERIOR!! Continuar lendo

Causas atuais das aflições

           As vicissitudes da vida são de duas espécies, ou, se assim se quer, têm duas origens bem diversas, que importa distinguir: umas têm sua causa na vida presente; outras fora desta vida.

            Remontando à fonte dos males terrenos, reconhece-se que muitos são a consequência natural  do caráter e da conduta daqueles que os sofrem. Quantos homens caem por suas próprias faltas! Quantos são vítimas de sua imprevidência, de seu orgulho e de sua ambição! Quantas pessoas arruinadas por falta de ordem, de perseverança, por mau comportamento ou por não terem sabido limitar os seus desejos! Continuar lendo

O amor a si próprio

amar de verdade

Estava eu aqui, na minha reflexão da noite, conversando com Deus quando abri um livro, num trecho que me passou uma bela mensagem. Vim compartilhar com você.

“Quando conseguirmos amar de verdade a nós próprios, tornamo-nos capazes de amar verdadeiramente a todas as pessoas e todas as coisas. Se você ama verdadeiramente a si próprio, não deve acreditar na existência de doenças e infelicidades, mas sim manter a convicção de que ninguém lhe poderá fazer mal. Nunca deve acreditar que é infeliz. Se acreditar que é infeliz, você se tornará infeliz. Não tema pelo seu destino acreditando que será ruim. O temor atrai coisas negativas. Continuar lendo

Deus permanece – Joanna de Ângelis

MAM - Museu de Arte Moderna da Bahia

MAM – Museu de Arte Moderna da Bahia

Ontem fui rapidinho ao MAM com as amigas Alessandra, Aline e Nathália e ficamos aproveitando a bela paisagem do mar. Muito lindo!! Quanta reflexão o movimento das águas nos traz!!

Na minha meditação de hoje à noite li um texto que achei lindo e vou colocá-lo aqui para compartilhar com você. Continuar lendo

A homilia do Papa Francisco em Aparecida

papa-francisco-1

Como está sendo bom ver e ouvir o Papa Francisco, ainda que pela televisão… Quanta simplicidade no seu olhar, no seu falar e nos seus gestos!! Quanto tem a nos ensinar… O amor que existe dentro dele, transborda.

Recebi da minha amiga Clara Torres o texto da homilia do Papa (em Aparecida) e coloco-o aqui, na íntegra, para vocês lerem e salvarem, pois vale a pena a releitura. Continuar lendo

Desculpar

Desculpar

“Procura motivos para desculpar tantos quantos te possam ter  ofendido dessa ou daquela forma, com ou sem motivos aparentes, direta ou  indiretamente, para que a vitória da paz, e a implantação da harmonia, em torno  de teus passos não se demore a estabelecer.
É, certo que, o mal que te possam ter causado sem que “nada tenhas feito por  merecer”, estará sendo apreciado cedo ou tarde pelo Tribunal da Justiça Divina,  e que, em sendo assim, terás por certo teus direitos reconhecidos e, por  conseguinte, quem te houver causado prejuízos de qualquer ordem, arcará,  inevitavelmente, com as consequências dos atos e ações, indevidamente  relacionados com teu nome. Continuar lendo

O homem e a natureza

Deus é maravilhoso!! Criou a natureza e o homem com toda a Sua perfeição!

A solução dos nossos problemas está dentro de nós. Só precisamos aprender a entrar em contato com essa nossa força interior, através da meditação e do auto-descobrimento e mantermos o contato com Ele, a Grande Vida Universal!!

Muitas pessoas conseguem suas curas com a prática do pensamento positivo, acreditando que possuem a Vida de Deus dentro delas e por isso, possuem saúde e equilíbrio. A sua fé tem força curativa. Continuar lendo

A sabedoria dos pequenos

Meus queridos,

Trago para vocês um reflexivo texto que recebi de minha amiga Jaci. Já tem quase 1 ano que ela me deu, mas hoje, mexendo numa pasta (mania de guardar papel), achei esse rico ensinamento.

Para quem ainda não o conhece, dentro de poucos, você já será uma outra pessoa (mais organizada, disciplinada, corajosa… rs). E para quem conhece, vale a pena a releitura!

“Texto-Chave: Provérbios 30:24-28
Muitas vezes justificamos nossa falta de sucesso e prosperidade, dizendo que somos fracos e limitados. Neste texto, Salomão usa a maravilhosa sabedoria que Deus lhe deu para nos ensinar sobre virtudes que podem nos fazer vencedores, ainda que sejamos pequenos e débeis. Para isso ele usa a figura de quatro pequenos animais, capazes de grandes proezas. Vamos ver o que as formigas, os arganazes (coelhos selvagens ou querogrilos), os gafanhotos e as lagartixas (gecos) têm a nos ensinar:

1) AS FORMIGAS NOS ENSINAM SOBRE PLANEJAMENTO – vs. 25 – Salomão destaca a formiga por sua capacidade de antecipar-se, de trabalhar duro no verão estocando comida para depois, no inverno, não morrer de fome. Esse planejamento faz com que, nos tempos em que não é possível produzir, haja suprimento.
Pv 6:6-11 – Deixar para depois ou para a última hora é uma terrível característica na vida de muitas pessoas e a Palavra de Deus confronta isto. O servo de Deus deve aprender a antecipar-se, a trabalhar duro enquanto pode para ter os frutos quando tempos difíceis lhe sobrevierem.

 Outras qualidades das formigas: Esforço (é proporcionalmente o animal mais forte que existe, pois carrega folhas e objetos que têm muitas vezes o seu peso), organização, solidariedade.

2) OS ARGANAZES NOS ENSINAM SOBRE ESTABILIDADE – vs. 26 – O arganaz (algumas traduções dizem querogrilo ou coelho) era uma espécie pequenina de coelho selvagem que habitava nas fendas das rochas. Por isso Salomão o usa como modelo de investimento em segurança e estabilidade. Era sua disposição de fazer a casa nas rochas que o protegia dos predadores muito maiores que ele.
Mt 7:24-25 – Precisamos edificar nossa vida sobre a rocha, que é a palavra de Deus. Se não investirmos em conhecer e viver a Palavra, estaremos à mercê dos problemas e poderemos ver nossa vida (pessoal, familiar, profissional, ministerial) desmoronar.
Precisamos nos esforçar para conquistar situações de estabilidade, assim como os arganazes se esforçavam para viver nas rochas. Há coisas que podem trazer estabilidade financeira (ser fiel nos dízimos e ofertas, valorizar o trabalho que temos, ter sempre uma reserva/poupança para momentos de emergência), estabilidade familiar (investir na educação dois filhos, tempo de qualidade em casa), estabilidade ministerial (lutar e ser fiel para conquistar um espaço num grupo de doze ou manter o espaço conquistado).

3) OS GAFANHOTOS NOS ENSINAM SOBRE UNIDADE – vs. 27 – Os gafanhotos são um modelo de unidade, pois sempre estão em bando e por esta característica têm um alto poder de destruição. Sua força está na unidade! Isso ressalta a importância de fazermos parte de uma grande igreja e nos movermos na mesma direção para grandes conquistas, causando estragos no reino das trevas.

Pv 18:1 – O crente que escolhe a solidão, que não se envolve nos movimento da igreja está se levantando contra a sabedoria de Deus.

 Gn 11:6 – Se quisermos grandes conquistas, temos que abrir mão do egoísmo, dos gostos pessoais e andar em unidade, falando a mesma língua dos nossos líderes.

4) AS LAGARTIXAS NOS ENSINAM SOBRE OUSADIA – vs. 28 – O último animalzinho tomado como modelo por Salomão é o geco (uma espécie de lagartixa). Embora pequeno, ele se introduz onde quer, inclusive nos palácios dos reis. Isso fala de ousadia, de não ser tímido, de ambicionar coisas grandes em Deus e escalar os obstáculos para conquistar novos espaços.

 I Co 1:28 – Temos o respaldo de Deus para grandes proezas. Ele tem uma predileção por usar os pequenos e frágeis.”

Esse texto tem uma interpretação feita sobre a Bíblia e merece o respeito de quem não concorda com parte ou todo ele.

Por isso, comentários que venham ofender ou discutir religião, não serão aceitos.

Aqui é um espaço onde reina a tolerância religiosa!! E onde se cultiva e estimula, sobretudo, O AMOR A DEUS E AO NOSSO PRÓXIMO!

E você, já agiu como um desses pequenos poderosos??! Eu procurarei agir mais vezes… Ao trabalho!!

Fiquem na paz.

O sentido de estar vivo é viver!

vida mafalda

O sentido de estar vivo é viver!

                 A vida pode ser algo positivo ou negativo, depende do ponto de vista de cada um. O bom viver está atrelado ao autoconhecer e ao desejo de renascer. Há vivos que já estão mortos, mas há mortos que ainda estão vivos, pois nenhum morto está morto e todo vivo deveria ser vívido.  

                A visão que se tem da vida é determinada pelo otimismo ou pessimismo que a pessoa nutre dentro de si. O otimista entende a vida como uma oportunidade de se aprimorar como ser humano; o pessimista é o vivo que já está morto, pois vê a vida como uma sucessão de décadas que necessariamente serão vividas ao lado de um sofrimento sem fim. Não, a vida não é isso! É muito além disso.

                   Viver é um eterno aprender. E mais bem vive quem mais se conhece! O autodescobrimento (por meio de reflexões, terapias ou meditações) é a fórmula para que o ser humano se conheça, se ame e se respeite; dessa maneira ele será capaz de conhecer as dificuldades alheias, respeitá-las e amar a um maior número possível de pessoas. Para quem acredita ser filho de Deus, o outro é como seu irmão, e com todas as suas virtudes e limitações – inerentes à raça humana –, ele é grandioso, como a sua vida deve ser.

                Tantos otimistas viveram com amor, com ternura e foram felizes, deixando as suas condutas como lições. Nas memórias dos que ainda vivem, esses mortos estão vivos, pois as suas lembranças ratificam como a vida pode ser melhor vivida. Há também aqueles que acreditam na vida além da morte e para eles, nenhum morto está morto, pois, ao contrário do que muitos pensam, o que deixa uma pessoa viva é a sua alma e não o seu corpo.

                    O nascimento é alegria, e a vida – que é uma dádiva – é a todo tempo celebrada. Desprezá-la seria o maior atraso da evolução humana. O renascimento ocorre a cada momento, basta cada um ajustar o foco da sua lente. É mais feliz quem entende que o sentido de se estar vivo é viver para melhor ser; é ser um ser vívido, pois quem assim não vive, mata a sua alma, mas deixa o seu corpo vivo.  E você? Será que está vivo?

Malena Gracia