Desculpar

Desculpar

“Procura motivos para desculpar tantos quantos te possam ter  ofendido dessa ou daquela forma, com ou sem motivos aparentes, direta ou  indiretamente, para que a vitória da paz, e a implantação da harmonia, em torno  de teus passos não se demore a estabelecer.
É, certo que, o mal que te possam ter causado sem que “nada tenhas feito por  merecer”, estará sendo apreciado cedo ou tarde pelo Tribunal da Justiça Divina,  e que, em sendo assim, terás por certo teus direitos reconhecidos e, por  conseguinte, quem te houver causado prejuízos de qualquer ordem, arcará,  inevitavelmente, com as consequências dos atos e ações, indevidamente  relacionados com teu nome. Continuar lendo

Anúncios